HOME /

Apagão de talentos: 4 dicas para desenvolver seus profissionais

Apagão de talentos: 4 dicas para desenvolver seus profissionais

Apagão de talentos: 4 dicas para desenvolver seus profissionais

Atualmente, o Brasil vive um apagão de talentos no mercado de trabalho. Isto é, muitos profissionais qualificados no país estão sendo redirecionados a filiais no exterior por suas empresas ou até mesmo procurando emprego fora do Brasil por conta da valorização profissional e financeira.

Isso faz com que as empresas brasileiras sintam a falta de profissionais de qualidade no mercado de trabalho para preencher novas vagas. Essa dificuldade já vem sendo observada no Brasil há anos, e a falta de talentos aumentou no período da pandemia.

Por se tratar de uma época em que o trabalho remoto começou a ser valorizado e utilizado pela grande maioria das empresas, a prestação de serviços de brasileiros para empresas do exterior também aumentou. 

Para que as empresas não percam mais e mais talentos a cada dia, é preciso que elas se desenvolvam internamente e promovam treinamentos para seus profissionais. Assim, eles crescem junto com a organização e melhoram ainda mais seu desempenho.

Confira neste artigo a importância do desenvolvimento interno de profissionais e dicas de como melhorar seus processos!

 

A corrida contra o tempo para não perder talentos

Com a chegada da pandemia da Covid-19, o trabalho remoto apareceu como uma necessidade. Claro que ele já existia anteriormente, sendo utilizado por diversas startups e empresas que buscam talentos globais sem a necessidade de deslocamento do funcionário.

Trabalhar de casa pode parecer uma tarefa complicada para a empresa, já que ela não tem controle da rotina dos funcionários durante o expediente. Porém, como o momento pedia uma solução rápida, as organizações tiveram que se adaptar e aderir ao home office.

Segundo uma pesquisa realizada pela consultoria de carreira Korn Ferry, 85% das empresas brasileiras adaptaram seus serviços para o trabalho remoto durante a pandemia. Isso fez com que o interesse pela mudança do trabalho presencial para o home office também aumentasse entre os brasileiros: 58% afirmaram que querem mudar seu método de trabalho para híbrido ou home office, de acordo com a Microsoft.

Essa grande transformação fez com que mais pessoas se interessassem em empresas do exterior, já que não teriam que passar por um processo de imigração para poderem trabalhar “fora”. O interesse é alto principalmente entre profissionais de tecnologia. Isso é o que causa o apagão de talentos.

Com esse movimento, empresas americanas e europeias buscam talentos do mundo todo para completar seus times. E muitos brasileiros se sentem atraídos por esse modelo de trabalho. Os principais fatores levantados pelos profissionais são a valorização das moedas, a valorização do talento e a experiência internacional.

Para brecar esse apagão de talentos no Brasil, muitas empresas nacionais buscam valorizar mais seu profissional, mostrando que ele pode crescer dentro da organização e ter uma carreira de sucesso através do desenvolvimento interno.

Quer saber dicas de como otimizar seu processo interno e desenvolver cada vez mais seus profissionais? Confira a seguir!

Reconheça as necessidades de sua empresa

Antes de criar qualquer plano estratégico para melhorar seus resultados, seja externa ou internamente, é preciso analisar quais as necessidades da empresa. Assim, as equipes direcionam todo o seu esforço para melhorar os pontos baixos e otimizar os pontos altos da organização.

Nessa primeira etapa, é importante levantar dados e observar quais equipes da empresa mais precisam de melhorias. Com essas informações em mãos, é possível estruturar um plano de desenvolvimento para melhorar o desempenho de cada time e auxiliar os funcionários nessa otimização.

Reconheça o esforço do funcionário

apagão de talentos

Mostrar ao colaborador que seus esforços são valorizados é essencial para evitar o apagão de talentos. Fonte: Freepik/benzoix

 

Treinamentos corporativos podem aumentar as chances de desenvolvimento dos colaboradores, mas também podem cansá-los e fazer com que percam o interesse logo de cara.

Para manter os profissionais interessados, primeiramente é preciso mostrar que o objetivo da empresa não é somente o aumento dos lucros, mas também a produtividade dos funcionários e a chance de desenvolvimento deles dentro da organização. 

É preciso mostrar que a empresa valoriza seu profissional. É na junção de todas as equipes que os resultados são atingidos. Portanto, é muito importante valorizar seus talentos e fazer com que eles se sintam vistos e reconhecidos por seus superiores.

Escolha o tipo do treinamento

Existem diversas formas de realizar um treinamento interno em sua empresa. Eles podem ser feitos online ou presencialmente, cada um demandando uma abordagem diferente. Por conta disso, é importante analisar e pensar bem antes de promover algum evento interno para os funcionários.

Veja o que se encaixa melhor em cada equipe e o que pode trazer resultados positivos entre elas. Esses treinamentos podem ser realizados por meio de palestras com um especialista de fora ou até mesmo com alguém da própria empresa. Além disso, também podem ser promovidas dinâmicas em grupo, materiais educativos e até mesmo congressos.

As oportunidades são diversas e é preciso pensar em todas elas e escolher a que mais se encaixa em sua empresa. Mas lembre-se: o importante é fazer com que seus talentos sejam valorizados!

Acompanhe as equipes de forma contínua

apagão de talentos

Para evitar o apagão de talentos a todo custo, é preciso observar bem as equipes e analisar seus resultados para desenvolvê-las ainda mais. Fonte: Freepik/rawpixel.com

Mesmo após promover um treinamento de desenvolvimento profissional dentro de sua empresa, é preciso ficar de olho aberto para estudar como cada equipe vai utilizar esse conhecimento.

Analise quais eventos foram os mais importantes, que deram mais resultado, e quais foram os menos aproveitados pelos colaboradores. Receber feedback dos funcionários também é uma boa estratégia. Dessa forma, sua empresa saberá o que deu resultado e o que ainda precisa ser adaptado para os próximos treinamentos.

 

Conclusão

Com o apagão de talentos no Brasil, é preciso valorizar nossos profissionais da melhor forma possível. É função das empresas mostrar que os talentos são observados e levados em conta, e não somente enxergar os funcionários como números em uma sala.

A importância de desenvolver os talentos internamente é muito grande. Realizar dinâmicas e processos de crescimento profissional para os funcionários faz com que eles se sintam valorizados e aprendam ainda mais a obter resultados positivos, tanto para eles próprios quanto para a equipe.

RELACIONADOS

POSTS MAIS RECENTES